O amor não mata

As portas de casa são o seu melhor diário. As ombreiras contam tudo, conhecem cada noite daqueles 22 anos. Quem diria que uma porta valia como capítulo de biografia? Mal as poupanças permitiram, Paula aventurou-se a comprar casa. Trazia dos bancos da faculdade, o sonho…
Editorial

O regresso

A decisão das autoridades locais e da província de Guangdong reabrirem as fronteiras à circulação de pessoas – embora, obedecendo ainda a uma regime com condicionantes – foi uma das boas notícias da semana para Macau. Já era tempo de a cidade voltar a…
Editorial

Um conto de duas cidades

Finalmente, a fronteira é reaberta. A partir de 15 de julho, todos os visitantes que entrarem na província de Cantão através das fronteiras de Macau estão isentos da quarentena de 14 dias. Embora a isenção seja limitada a apenas nove cidades da Área da Grande…
Editorial

E líderes há?

A dívida pública mundial vai atingir em 2020 um pico histórico, ou seja, um nível ao registado no final da Segunda Guerra Mundial. Quem o diz é o FMI, mas as circunstâncias são totalmente diferentes, só a necessidade de termos decisões políticas é muito…

Eu, a Miss brasileira e a Chevy de meu pai

Morreu Martha Rocha. Sou do tempo em que ela era Marta Rocha, quando foi eleita Miss Brasil, 1954, e concorreu a Miss Universo. Confirmei revendo as capas das revistas brasileiras Manchete e O Cruzeiro que, então, a minha mãe assinava em Luanda, Angola (a Internet é uma…
Editorial

Macau pode esperar

O cerco sanitário mantém Macau a salvo da pandemia, mas arrasta a economia para uma profunda crise, que ninguém verdadeiramente projeta. Com a queda do PIB em 60 por cento, o Chefe do Executivo atira a recuperação para final do ano. Tantas dúvidas… e uma certeza.
Editorial

Morte certa

“As vidas de milhares de pessoas pararam. Precisam de tudo, mas acima de tudo precisam e com urgência de paz”. Este apelo chegou, de forma serena, à redação do Plataforma pela voz de Abdul Rashid Ismail, líder da Comunidade Islâmica de Moçambique (CIMO). A…

O elogio da rotina

Maria é a segunda de oito filhos, todos paridos em casa, bacia de água quente e lâmina de talhar pescoços de galinha, na mão da parteira. Aos cinco, já deitava milho à criação e cuidados aos irmãos mais novos. Cresceu por entre os afazeres do campo, sempre um…
Editorial

O relógio não para!

O relógio não para. Tik tok, tik tok. A empresa da chinesa Bytedance, liderada por um cidadão dos Estados Unidos e detentora de uma aplicação de vídeos, nascida a oriente, solicitou esta semana às norte-americanas Google e Apple para retirarem a app das plataformas em…

Luanda e as mulheres poderosas antes do tempo

José Kaliengue, Director do Jornal OPAIS Lembro-me de Luanda com saudades. Daquela cidade que os mais velhos chamavam de Lua e que eu ainda não conhecia. Não era a Luanda que a muito custo me vai habitando hoje. Tinha um rosto lindo, inesquecível e sem gêmea cidade.