Judite Sousa revela ter sido ameaçada de morte durante trabalho no Brasil - Plataforma Media

Judite Sousa revela ter sido ameaçada de morte durante trabalho no Brasil

A jornalista, de 61 anos, contou, no perfil de Instagram, o episódio que viveu na favela do Vidigal, no Rio de Janeiro, depois de ter negociado a reportagem com o criminoso e chefe do local.

“Esta imagem, mais ampla identificando o local e o jovem, foi gravada em 2018 na favela do Vidigal, Rio de Janeiro”, começou por referir.

“Negociei a reportagem, ao serviço da empresa onde trabalhei até junho de 2022, com o chefe da favela, um criminoso, portanto”, acrescentou, referindo-se à CNN Portugal, de onde saiu este ano.

“No regresso ao hotel, foi-me dito que se eu usasse esta imagem iria ter problemas. Estava logicamente a ser ameaçada de morte. Será que usei a imagem? Brevemente”, rematou a também “pivot”.

Leia mais em N-TV

Related posts
LifestylePortugal

As quatro razões de Judite para sair da CNN Portugal. Pivô quebra silêncio

Assine nossa Newsletter