Governador de Luanda defende medidas para conter a construção desordenada - Plataforma Media

Governador de Luanda defende medidas para conter a construção desordenada

Manuel Homem, que falava durante a cerimónia de tomada de posse dos novos administradores municipais, de assessores do Governo Provincial de Luanda (GPL) e dos directores do Instituto de Planeamento e Gestão Urbana de Luanda (IPGUL), recentemente nomeados, defendeu, também, a criação urgente de condições para que as áreas acima citadas sejam reguladas.

“Luanda tem desafios de urbanização. O IPUL vai continuar a desempenhar um papel estruturante para que se possa controlar o crescimento desordenado, que se assiste na província de Luanda. Precisamos colocar um limite e, para isso, o IPGUL é chamado a olhar para os documentos orientadores e implementá-los”, disse Manuel Homem, apelando para a necessidade de as administrações municipais reverem, com urgência, os procedimentos de atribuição de títulos de terra, bem como trabalhar afincadamente para a resolução dos problemas da construção desordenada e da venda ambulante.

Segundo o governador, para os problemas que os cidadãos levantam em relação aos terrenos, é preciso, rapidamente, identificar soluções, que devem ser implementadas, para que a problemática crescente em determinado município possa ser controlada.

Sobre a Quiçama, que tem como nova administradora Elisabete Rafael, defendeu a necessidade de se fazer com que o município se torne num pólo de desenvolvimento turístico, apostando em infra-estruturas sociais e na criação de vias rodoviárias, secundárias e terciárias.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
AngolaPolítica

Relação Portugal-Angola entrou numa fase de maturidade

AngolaSociedade

Ritmos do Carnaval e xinguilamento marcam as celebrações dos 447 anos

AngolaSociedade

Hospitais de Luanda criam condições para celebrar Ano Novo com pacientes

AngolaPolítica

Morreu general angolano “Kamorteiro” que assinou acordos de paz em 2002

Assine nossa Newsletter