Piloto irlandês diz que as estrelas internacionais não vão participar - Plataforma Media

Piloto irlandês diz que as estrelas internacionais não vão participar

A possibilidade de termos um 54.º Grande Prémio de Motos de Macau com as grandes estrelas do “road racing” internacional em 2022 parece, por agora, uma possibilidade remota, mas não quer isso dizer que a corrida mais ansiada do 69.º Grande Prémio de Macau não se venha a realizar

Michael Sweeney, que conta com seis participações na prova, levantou um pouco o véu do que se passa nos bastidores numa entrevista à publicação irlandesa “News Letter” na semana passada. O motociclista de 40 anos referiu que não irá participar na prova, pois considera que a longa quarentena, imposta pelas autoridades de Macau no combate à pandemia, hipoteca à partida uma viagem ao Oriente, e afirmou que os ex-vencedores da corrida, como Michael Rutter ou Peter Hickman, não têm planos para regressar ao Circuito da Guia este ano.

“Eu não vou [participar no Grande Prémio de Macau] porque tens uma quarentena de dez dias”, disse o popular irlandês, que esta temporada já venceu cinco corridas aos comandos da sua BMW S1000RR. “Não podem esperar que o pessoal vá até lá e passe aquele tempo todo em quarentena. Eu não acredito que [o Grande Prémio de Motos de Macau] vá acontecer, porque precisas de tempo para organizar voos, reservas e transporte”.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
DesportoMacau

Corrida da Guia recebe o primeiro TCR Asia Challenge

DesportoMacau

GP Motos: André Pires confirma presença em Macau

ChinaDesporto

GP Macau: Pilotos e equipas com menos oportunidades de preparação

DesportoMacau

Um dos maiores arquivos privados do GP Macau revelado em livro

Assine nossa Newsletter