GP Macau: Pilotos e equipas com menos oportunidades de preparação - Plataforma Media

GP Macau: Pilotos e equipas com menos oportunidades de preparação

A temporada de 2022 tem sido especialmente difícil para o automobilismo chinês. As restrições nas deslocações e os diversos confinamentos locais têm causado inúmeros cancelamentos e adiamentos em todos os campeonatos nacionais e regionais. Quando o Grande Prémio de Macau se disputar de 17 a 20 de Novembro, a maioria dos participantes chegará ao Circuito da Guia com muito menos quilometragem do que em edições anteriores

Questionado pelo HM, se estes obstáculos poderão vir a ter um reflexo na performance dos pilotos no Grande Prémio, o veterano piloto português de Macau Rui Valente reconhece que “um pouco”, relembrando que “há pilotos que estão parados desde Novembro”.

Como tem acontecido desde o início da crise pandémica, a Associação Geral Automóvel de Macau-China (AAMC) não organizou este ano provas de qualificação para o Grande Prémio destinadas aos pilotos locais. No entanto, a associação, que no passado fim de semana colocou de pé um evento de treino para oficiais de prova no Kartódromo de Coloane, está a tentar organizar uma prova no Circuito Internacional de Guangdong para os pilotos do território ganharem um pouco mais de ritmo competitivo antes do grande evento do final do ano.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
DesportoMacau

Edoardo Mortara confirmado no Grande Prémio de Macau

DesportoMacau

Fórmula 4: Piloto de Macau vai tentar vencer pela terceira vez

Desporto

Max Verstappen vence GP do México e torna-se recordista de vitórias numa época

DesportoMacau

Corrida da Guia recebe o primeiro TCR Asia Challenge

Assine nossa Newsletter