Seis questões que deve abordar antes de arriscar ficar de luto - Plataforma Media

Seis questões que deve abordar antes de arriscar ficar de luto

Dos sentimentos negativos, aos equívocos e e até aos planos, veja que temas deve conversar com quem gosta e antes de arriscar perder essa pessoa. É uma matéria difícil e sensível – é verdade -, mas viver e deixar partir quem gostamos com arrependimentos também não pode ser caminho. Especialista faz recomendações

A morte da rainha Isabel II provocou luto, tristeza e deve fazer pensar sobre o que queremos muito saber e ouvir dos nossos antes do último adeus deles. E para que não restem dúvidas, arrependimentos ou pensamentos sobre o que não fez, disse ou ouviu daquela pessoa, não espere por amanhã para ter essa conversa.

Comece por dizer às pessoas o quanto elas significam para si, tal como recomenda a conselheira Jennifer Kowalski. “Este é o maior arrependimento que oiço das pessoas”, explicou a especialista.

Quais são os desejos finais da pessoa? Procure perceber o que o familiar quer depois de morrer, que tipo de cerimónia e tudo relacionado com a logística do acontecimento.

Se está a falar com alguém com quem manteve sempre uma relação conturbada, faça as pazes. Falem sobre o que acontece e chegam a um entendimento, afirmou a médica Janette Rodriguez.

Leia mais em Delas

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Cultura

Rapper americano Coolio morre aos 59 anos

MundoPolítica

O mal-amado Carlos sucede à "rocha" britânica Isabel II

MundoPolítica

Protestos marcam 75.º aniversário da morte do fundador de Myanmar

Lifestyle

Morre aos 71 anos o ator americano William Hurt

Assine nossa Newsletter