Nova análise pode detetar até 50 tipos de cancro mesmo em quem não tem sintomas - Plataforma Media

Nova análise pode detetar até 50 tipos de cancro mesmo em quem não tem sintomas

Oncologistas entendem que a deteção precoce do cancro com um simples teste de sangue abre uma nova era para despistar a presença da doença e melhorar as taxas de mortalidade por cancro, assim como a morbilidade, mas não a incidência

Uma análise de sangue pode vir a detetar até 50 tipos de cancro em pessoas ainda não diagnosticadas e sem sintomas da doença, de acordo com uma investigação apresentada esta segunda-feira, 12 de setembro, no Congresso da Sociedade Europeia de Oncologia Médica, em Paris.

O estudo, coordenado pela oncologista Deborah Schrag, apresenta-se como pioneiro no diagnóstico precoce de cancro, através de um teste de que deteta se há presença no sangue de ADN tumoral circulante, derivado do tumor e presente na corrente sanguínea mesmo antes de haver sinais da doença nos pacientes.

A investigação, realizada por oncologistas do Memorial Sloan Kettering Câncer Center (MSKCC) de Nova Iorque, baseia os seus resultados numa análise de sangue realizada em 6.621 pessoas com mais de 50 anos sem diagnóstico de cancro ou sintomas da doença.

Praticamente 99% do universo testado deu resultado negativo, ou seja, não tinha sinais de cancro, enquanto em 1,4% foram detetados sinais da doença. Ainda assim, entre esses 1,4% apenas 38% viu confirmado o diagnóstico num teste posterior.

Com estes resultados, os oncologistas entendem que a deteção precoce do cancro com um simples teste de sangue abre uma nova era para despistar a presença da doença e melhorar as taxas de mortalidade por cancro, assim como a morbilidade, mas não a incidência.

Defendem que 38% de resultados positivos naqueles pacientes é uma percentagem “boa” e um passo importante para a deteção precoce com esta ferramenta, enquanto o facto de o teste ser capaz de detetar 99% de resultados negativos supõe uma “excelente” taxa e demonstra a capacidade do teste em descartar a presença do tumor.

Leia mais em Delas

Related posts
Lifestyle

OMS alerta para infodemia. O que é e quais os perigos?

PortugalSociedade

Vem aí um programa de saúde mental nas escolas e para alunos dos 12 aos 15 anos

LifestylePortugal

Prazer, literacia, violência e mais três prioridades nacionais em nome da saúde sexual

Lifestyle

Ansiedade social causa danos no sistema imunológico

Assine nossa Newsletter