Academia pede desculpas a atriz indígena por maus-tratos nos Óscares - Plataforma Media

Academia pede desculpas a atriz indígena por maus-tratos nos Óscares

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood informou que pediu desculpas à atriz indígena vaiada há quase 50 anos por ter recusado em nome de Marlon Brando o Óscar de Melhor Ator, em protesto contra o tratamento da indústria cinematográfica aos nativos americanos.

A atriz e ativista Sacheen Littlefeather, que pertence às comunidades indígenas apache e yaqui, foi interrompida nos Óscares de 1973, enquanto explicava o porquê de Brando não poder aceitar o Óscar de Melhor Ator pelo filme “O Padrinho”.

Marlon Brando tinha pedido a Sacheen que recusasse o prémio em seu nome, num ato de repúdio à atitude da indústria em relação aos povos indígenas. Mais tarde, contou que vários seguranças impediram que o ator John Wayne agredisse a ativista fisicamente.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter