Putin no Irão para reequilibrar poder dos EUA - Plataforma Media

Putin no Irão para reequilibrar poder dos EUA

Poucos dias após Joe Biden viajar até à Arábia Saudita, Vladimir Putin, presidente da Rússia, chega a Teerão para se reunir com o homólogo iraniano, Ebrahim Raisi, com o intuito de aprofundar laços e equilibrar a influência que Washington está a conquistar no Médio Oriente. Na passagem pelo Irão, que se inicia amanhã, o líder do Kremlin vai ainda encontrar-se com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, que tem movido esforços para solucionar a crise dos cereais.

O presidente da Comissão Económica do Parlamento iraniano, Mohammad Reza Purebrahimi, antecipou, na semana passada, que “o planeamento da cooperação económica entre Teerão e Moscovo será a prioridade das reuniões entre os líderes” da Rússia e do Irão – que, apesar de nos últimos meses terem vindo a estreitar relações, contam com um longo histórico diplomático.

Ainda que o panorama atual favoreça a promoção de vínculos entre os dois países, “o Irão e a Rússia, sobretudo desde o 11 de setembro de 2001, têm jogado com uma aproximação mútua para ganhar influência face aos EUA, que se têm vindo a colocar como uma espécie de inimigo comum aos dois estados”, recorda Sandra Fernandes, especialista em Relações Internacionais. “O Médio Oriente é uma prioridade estratégica para a Rússia”, refere a investigadora, frisando que, depois de Joe Biden visitar a Arábia Saudita, “inimigo do Irão naquela região”, é fundamental para ambos os países “consolidar alianças”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Política

Oferta de anéis a aliados de Putin leva a comparações com a obra "Senhor dos Anéis"

Política

Putin admite situação "extremamente difícil" nos territórios anexados

Política

Rússia instala sistema de mísseis em ilhas que serão do Japão

Política

Putin rejeita conversações porque EUA não reconhecem anexações

Assine nossa Newsletter