Governo Bolsonaro dribla TCU e fecha contrato em licitação sob suspeita - Plataforma Media

Governo Bolsonaro dribla TCU e fecha contrato em licitação sob suspeita

A Secretaria Especial de Comunicação do governo de Jair Bolsonaro (PL) passou por cima de uma investigação do TCU (Tribunal de Contas da União) e fechou contrato de R$ 450 milhões em uma licitação que estava sob apuração da corte por suspeita de favorecimento à empresa vencedora.

O ministro Weder de Oliveira, relator do caso no TCU, havia pedido a suspensão da licitação em que a Calia/Y2 Propaganda e Marketing teve as melhores notas para realizar serviços de publicidade sobre ações do governo.

A medida cautelar para interromper o processo havia sido tomada por Oliveira no último dia 15 de junho para que os indícios de irregularidades fossem apurados pelo tribunal com maior profundidade e que eventuais danos ao processo fossem evitados.

Porém, no dia 21 seguinte, véspera da sessão plenária em que a decisão seria submetida para confirmação ou não pelos demais integrantes do tribunal, representantes da Secom solicitaram reunião de urgência no gabinete do ministro a pedido da AGU (Advocacia-Geral da União), na qual lhe foi informado que o contrato já havia sido firmado no dia 25 de maio.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Quem vai herdar o espólio eleitoral de Jair Bolsonaro?

BrasilPolítica

PGR apresenta mais 150 denúncias contra suspeitos de participação em atos golpistas

BrasilPolítica

Mesmo sob risco de ser deportado, Bolsonaro não quer voltar ao Brasil: teme ser preso

BrasilPolítica

Bolsonaro terá que passar por cirurgia quando voltar ao Brasil

Assine nossa Newsletter