Projeto FILMar ajuda a perceber relação dos portugueses com mar - Plataforma Media

Projeto FILMar ajuda a perceber relação dos portugueses com mar


O projeto da Cinemateca de digitalização do cinema português ligado à temática do mar já permitiu “conhecer a fundo os arquivos” e perceber que os oceanos foram “uma matéria profundamente manipulada”, disse à Lusa o coordenador, Tiago Bartolomeu Costa

Numa altura em que Lisboa se prepara para acolher a Conferência dos Oceanos da Organização das Nações Unidas, a Cinemateca Portuguesa tem em curso um programa, com financiamento europeu, de digitalização de pelo menos 10.000 minutos de filmes do cinema português, relacionados com a temática do mar e abrangendo mais de um século de produção cinematográfica.

Num balanço do trabalho já feito, desde 2020, a Cinemateca já digitalizou 55 curtas-metragens e sete longas-metragens, totalizando 1.440 minutos.

O projecto de digitalização, financiado com cerca de 880 mil euros, através do Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu (EEA Grants), prevê retrospectivas no final do programa, mas a Cinemateca está já a programar sessões com alguns dos filmes digitalizados, cumprindo um dos objectivos: Devolver o cinema português aos espectadores.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
PolíticaPortugal

"Defesa do mar e do espaço aéreo" é prioridade em Portugal

ChinaCultura

“Macau está a ser filmado por locais pela primeira vez”

China

China, primeiro país a extrair “gelo combustível” do fundo do mar

MundoSociedade

Sustentabilidade do transporte marítimo depende da captação e retenção de pessoas

Assine nossa Newsletter