Oceanos: Conferência da ONU entra hoje no 2º dia com "promessa oceânica" - Plataforma Media

Oceanos: Conferência da ONU entra hoje no 2º dia com “promessa oceânica”

A Conferência dos Oceanos da ONU de Lisboa entra hoje no segundo dia com sessões sobre economia sustentável e conservação dos ecossistemas marinhos, eventos paralelos sobre regulamentação do direito do mar e “turismo azul” e uma “promessa oceânica”

A reunião magna, coorganizada por Portugal e Quénia, termina na sexta-feira e visa impulsionar a ação dos países para a proteção dos oceanos.

O programa do segundo dia de trabalhos inclui sessões de debate sobre economias sustentáveis baseadas no oceano, em particular para pequenos Estados insulares em desenvolvimento e países menos desenvolvidos, e sobre gestão e conservação dos ecossistemas marinhos e costeiros.

O primeiro-ministro, António Costa, e o ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, participam num almoço de líderes no âmbito do Painel de Alto Nível para uma Economia do Oceano Sustentável.

O antigo Presidente e primeiro-ministro de Timor-Leste Xanana Gusmão e o secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Zacarias da Costa, estarão num evento paralelo sobre a regulamentação do direito do mar.

Leia mais sobre o assunto em: Milhares de participantes a partir de hoje na Conferência dos Oceanos em Lisboa

Os eventos paralelos estendem-se também ao turismo na economia azul, à transição energética e ao transporte marítimo ecológico e à cooperação. O ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, é o “anfitrião” de uma iniciativa dedicada à cooperação entre Portugal e Argentina no combate à poluição dos mares através da educação ambiental.

Hoje será também lançada, com a presença da subsecretária-geral da ONU, Usha Rao-Monari, a “Promessa Oceânica do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento”, que visa apoiar a recuperação de perdas socioeconómicas causadas pela má gestão dos oceanos.

Fora de Lisboa, no Estoril, realiza-se o Fórum de Investimento da Economia Azul Sustentável.

A Conferência dos Oceanos da ONU de Lisboa junta líderes mundiais, cientistas, dirigentes de organizações não-governamentais, académicos e empresários, além de representações dos Estados-membros da ONU, sob o tema “Aumentar a ação nos oceanos com base na ciência e inovação”.

Da Conferência, a segunda depois da de Nova Iorque em 2017, são esperados compromissos voluntários sobre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14, relativo à proteção da vida marinha.

Este artigo está disponível em: English

Related posts
BrasilCultura

Nélida Piñon deixa apartamento no Rio como herança para suas duas cachorrinhas

Mundo

Alcançado acordo histórico sobre biodiversidade

MundoSociedade

ONU anuncia que mais de 81 mil mulheres e meninas foram assassinadas em 2021

Lusofonia

Assembleia Geral adopta resolução sobre cooperação entre a ONU e a CPLP

Assine nossa Newsletter