GP Macau: Pessimismo ocidental contrasta com optimismo nacional - Plataforma Media

GP Macau: Pessimismo ocidental contrasta com optimismo nacional

A contagem decrescente para a 69.ª edição do Grande Prémio de Macau já começou. Contudo, a cerca de cinco meses do maior cartaz desportivo de carácter anual da RAEM são mais as dúvidas do que as certezas

O Macau Daily Times revelou na passada terça-feira que na pretérita semana vários pilotos receberam convites formais da Comissão Organizadora do Grande Prémio de Macau para participarem no Grande Prémio de Motos de Macau, prova que não se realizou nos últimos dois anos devido às restrições de entrada de estrangeiros de acordo com as medidas de prevenção e controlo da pandemia de Covid-19. Segundo a publicação de língua inglesa, do ponto de vista dos pilotos, parece ser unânime a opinião de que desejam regressar a Macau “desde que as restrições de quarentena sejam abandonadas”.

Entretanto, a Taça do Mundo FIA de Carros de Turismo – WTCR mantém no seu calendário as três provas asiáticas – Inje (Coreia do Sul), Ningbo (China) e Circuito da Guia (Macau) – contudo, o optimismo sobre um eventual regresso à Ásia não é grande. Em Abril, Jean-Baptiste Ley, o director da Taça do Mundo, deixou claro ao HM que uma quarentena longa poderia afastar a intenção de realizar a última prova do ano em Macau.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
DesportoMacau

Theodore Racing regressa com nomes de Macau

DesportoPortugal

Miguel Ramos vence título Pro-Am do GT World Challenge Europe

DesportoMacau

Piloto irlandês diz que as estrelas internacionais não vão participar

ChinaDesporto

GP Macau: Pilotos e equipas com menos oportunidades de preparação

Assine nossa Newsletter