7,8 milhões de pessoas na América Latina correm o risco de insegurança alimentar - Plataforma Media

7,8 milhões de pessoas na América Latina correm o risco de insegurança alimentar

Cerca de 7,8 milhões de pessoas estão em risco de sofrer de insegurança alimentar na América Latina e no Caribe devido à inflação e à desaceleração do crescimento econômico, estimou nesta segunda-feira (6) a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal).

“Isto é apenas levando em consideração a inflação e o crescimento. Se acrescentarmos o fato de que afeta muito mais as mulheres [em alusão à piora na renda e no emprego das mulheres pela pandemia], os setores informais, que não têm recursos para melhorar no social, [então] o impacto da situação pode ser ainda maior”, assinalou o secretário-geral interino da Cepal, Mario Cimoli.

Related posts
EconomiaMundo

Lítio, suprimentos médicos, energia limpa: América Latina pode tirar proveito da crise global

ChinaEconomia

EUA diz que oferece à América Latina algo que China e Rússia não podem oferecer

MundoPolítica

Democracia é 'ingrediente essencial' para as Américas, diz Biden na abertura da cimeira

EconomiaMundo

América Latina pode ser solução para crise de abastecimento mundial, aponta BID

Assine nossa Newsletter