Aung San Suu Kyi julgada novamente por corrupção  - Plataforma Media

Aung San Suu Kyi julgada novamente por corrupção 

A antiga líder do Myanmar (antiga Birmânia) Aung San Suu Kyi foi ontem a julgamento devido a um novo caso de corrupção, no qual terá recebido 550.000 dólares em subornos de um magnata do sector da construção. Aung San Suu Kyi é incriminada em duas acusações, de acordo com a Lei Anticorrupção do país, cada uma punível com até 15 anos de prisão e multa

A abertura do julgamento foi confirmada por um oficial à agência de notícias AP, que falou sob condição de anonimato, porque não estava autorizado a divulgar informações. A ex-primeira-ministra é acusada de receber dinheiro em 2019 e 2020 de Maung Weik, um magnata condenado por tráfico de droga.

A televisão estatal, sob controlo do Governo militar, mostrou no ano passado um vídeo, no qual Maung Weik afirmava ter realizado pagamentos a ministros para ajudarem nos seus negócios. Ontem, o funcionário da Comissão Anti-corrupção, Ye Htet, disse em tribunal que os pagamentos feitos pelo magnata estavam a ser tratados como acusações separadas.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoPolítica

Dinamarca é o país menos corrupto no Mundo

PolíticaTimor-Leste

Timor-Leste entre os menos corruptos na Ásia-Pacífico

PolíticaPortugal

"Portugal tem um problema de corrupção grave"

PolíticaPortugal

Novas buscas na Câmara de Lisboa por suspeitas de corrupção na presidência de Medina

Assine nossa Newsletter