Bloqueio do Telegram é 'inadmissível' e ameaça 'liberdade' dos brasileiros, diz Bolsonaro -

Bloqueio do Telegram é ‘inadmissível’ e ameaça ‘liberdade’ dos brasileiros, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (18) que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de bloquear o Telegram no país é “inadmissível” e coloca em risco a “liberdade” dos brasileiros.

“É inadmissível uma decisão dessa natureza. Porque (o ministro) não conseguiu atingir duas ou três pessoas que na cabeça dele deveriam ser banidos do Telegram, ele atinge 70 milhões de pessoas (…) O que está em jogo é a nossa liberdade”, afirmou Bolsonaro, para quem a plataforma é peça-chave de sua estratégia para buscar a reeleição em outubro.

Artigos relacionados
AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

BrasilSociedade

Alterações climáticas colocam Amazónia em risco de se transformar em savana

BrasilPolítica

Bolsonaro anuncia programa social de 27 mil milhões de euros em ano eleitoral

BrasilPolítica

EUA recusou e Bolsonaro pediu ajuda a Putin para submarino nuclear

BrasilPolítica

Lula volta a atacar teto de gastos no governo

Assine nossa Newsletter