Tempestade Ana afecta mais de 600 mil pessoas em Moçambique - Plataforma Media

Tempestade Ana afecta mais de 600 mil pessoas em Moçambique

Moçambique enfrenta chuvas e ventos fortes devido à passagem da tempestade tropical Ana que, esta segunda-feira, atingiu a província de Nampula, no norte.

A previsão das autoridades é que pelo menos 600 mil pessoas sejam afectadas pela situação nas regiões norte e centro nos próximos dias. 

Suprimentos

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, destacou que mais da metade das vítimas serão crianças. Em resposta à tempestade tropical, a agência movimentou suprimentos essenciais para as áreas afetadas.

Os materiais incluem kits de purificação de água, insumos médicos e de nutrição para ajudar as crianças e suas famílias. 

A agência disse estar preocupada com os danos que podem ser causados às escolas e centros de saúde. A  colaboração com parceiros visa mobilizar a assistência com maior rapidez.

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, disse estar pronto para apoiar a resposta de emergência, diante da tempestade com ventos de mais de 85km/h e chuvas que podem registrar um acúmulo de até 100 num dia.

Parceiros 

A agência atua em coordenação com o Governo de Moçambique e outros parceiros locais para avaliar os danos e as necessidades.

Na vizinha ilha de Madagascar, chuvas intensas já causaram inundações, deslizamentos de terra e a morte de pelo menos 34 pessoas, em particular na capital Antananarivo.

A comunidade humanitária destaca haver mais de 62 mil afetados, incluindo mais de 35 mil deslocados ou pessoas transferidas preventivamente para a maior cidade malgaxe.

As chuvas fortes deverão continuar pelos próximos dias. Há previsões de outras regiões do país serem atingidas por mais tempestades tropicais na costa leste.

Assine nossa Newsletter