Icebergue mais famoso do Mundo desapareceu e deixou rasto de vida - Plataforma Media

Icebergue mais famoso do Mundo desapareceu e deixou rasto de vida

O A68 chegou a ser o maior icebergue do Mundo, quando se desprendeu da Antártida, em 2017. Três anos e meio depois, em abril de 2021, desapareceu, mas deixou rasto visível na fauna e na flora marinhas, revelam agora os cientistas.

O A68 tinha uma área maior que toda a região do Algarve quando se desprendeu da plataforma de Larsen C, na Antártica, em 2017. Com seis mil quilómetros quadrados, mil acima dos 4997 km2 do Algarve, o icebergue, que chegou a ser o maior do Mundo, depositou cerca de 1500 milhões de litros de água doce no mar por dia, o equivalente a 150 vezes toda a água consumida diariamente pelos 67 milhões de britânicos. Contas da BBC.

Tanta água doce num mar salgado teve efeitos, dizem agora os cientistas. “Pensamos que existem sinais evidentes de alterações na flora de espécies de fitoplâncton nas zonas onde passou o A68 e ainda a deposição de matéria nas partes mais fundas do oceano”, disse o biólogo oceanográfico Geraint Tarling, em declarações ao canal britânico BBC.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter