MNE chinês inicia visita ao leste de África com olhos postos no Índico

MNE chinês inicia visita ao leste de África com olhos postos no Índico

O ministro dos Negócios Estrangeiros da China inicia, hoje, uma visita de quatro dias ao leste de África, mantendo uma tradição da diplomacia chinesa, numa altura em que Pequim avança com as suas ambições no Oceano Índico

Wang Yi vai visitar a Eritreia, o Quénia e as Ilhas Comores, países situados na costa leste de África, entre os dias 4 e 7 de janeiro.

Há mais de três décadas que o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês começa sempre o ano com uma viagem ao continente africano. Esta é também a segunda visita de Wang a África, no espaço de pouco mais de um mês, depois de ter participado no Fórum de Cooperação China – África (FOCAC), no Senegal, no final de novembro.

Observadores consideram que os três países incluídos no périplo este ano refletem o foco da China no Oceano Índico.

A deslocação de Wang à parte oriental do continente africano é seguida por uma visita às Maldivas e Sri Lanka, dois países estratégicos naquele espaço marítimo.

O desenvolvimento de uma rede de portos no Oceano Índico por Pequim, incluindo no Sri Lanka, Paquistão e Djibuti, constitui um desafio para a Índia, devido ao potencial uso militar daquelas infraestruturas.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
Sociedade

Mortes provocadas pelo fundamentalismo islâmico em África aumentaram 48% em 2022

AngolaPolítica

Cimeira Rússia/África em julho próximo em São Petersburgo

Sociedade

Combate ao terrorismo em África feito à custa de violações dos direitos humanos

Economia

"Vai demorar tempo, mas África vai ser um continente rico"

Assine nossa Newsletter