China denuncia críticas irresponsáveis a fecho de jornal ‘online’ em HK

China denuncia críticas irresponsáveis a fecho de jornal ‘online’ em HK

A China criticou ontem as reações ocidentais ao encerramento de um órgão de comunicação social independente em Hong Kong, considerando-as irresponsáveis e reafirmando que ninguém “tem o direito de interferir nos assuntos” daquele território

China tece críticas ao fecho jornal de Hong Kong. “Algumas forças estrangeiras, sob o pretexto de defenderem a liberdade de imprensa, envolveram-se numa linguagem irresponsável”, disse em Pequim o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Zhao Lijian, citado pela agência de notícias France-Presse.

Zhao reagia a críticas da União Europeia, do Canadá e dos Estados Unidos da América ao encerramento do portal de notícias Stand News, frequentemente ligado ao movimento pró-democracia de Hong Kong, depois de os seus sete jornalistas terem sido detidos.

O porta-voz da diplomacia chinesa defendeu o encerramento do Stand News, dizendo que “a liberdade de expressão não pode ser usada como abrigo para atividades criminosas”.

Leia mais sobre o assunto em: Portal Stand News de Hong Kong anuncia fecho das operações

Zhao rejeitou as críticas estrangeiras, dizendo que nenhum país “tem o direito de interferir nos assuntos de Hong Kong”.

Uma das críticas mais duras foi feita pelo secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, que acusou a China de prejudicar a credibilidade de Hong Kong.

“Ao silenciar os ‘media’ independentes, a China e as autoridades locais minam a credibilidade e viabilidade de Hong Kong”, disse Blinken na quarta-feira, em comunicado.

“As autoridades que têm confiança em si próprias e não têm medo da verdade acolhem uma imprensa livre”, acrescentou o chefe da diplomacia dos Estados Unidos.

Related posts
Guiné-BissauSociedade

Estudo sobre jornalismo na Guiné-Bissau revela dados preocupantes

BrasilCultura

Brasil 200: A nova rádio para juntar brasileiros e portugueses

ChinaLusofonia

Macau afirma-se na cooperação entre os media da China e dos PLP

CulturaMacau

Bicentenário do jornal “Abelha da China” celebrado em Lisboa 

Assine nossa Newsletter