Grupo Suncity suspende operações na bolsa de Hong Kong

Grupo Suncity suspende operações na bolsa de Hong Kong

Duas empresas ligadas ao líder do grupo Suncity suspenderam esta manhã as negociações na Bolsa de Valores de Hong Kong na sequência da detenção de 11 pessoas, entre as quais o fundador da empresa, Alvin Chau

A Suncity Group Holdings Ltd e a Summit Ascent Holdings Ltd, revelaram, em documentos separados, entregues na bolsa da RAEHK que as negociações das acções foram interrompidas “enquanto se aguarda a divulgação de um anúncio referente ao caso Alvin Chau.”

Num comunicado tornado público na última noite, o grupo Suncity demarca-se das suspeitas que recaem sobre o seu fundador, Alvin Chau, detido este fim-de-semana suspeito de associação criminosa, exploração ilícita de jogo, e branqueamento de capitais.

Na nota, enviada à bolsa de valores de Hong Kong, pode ler-se que “O conselho de administração gostaria de salientar que as notícias postas a circular estão relacionadas com assuntos pessoais do senhor Chau.”

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
Macau

Dívida milionária da Suncity coloca credores como acionistas maioritários

Macau

Promotora de jogo do Grupo Suncity anuncia fim das operações

Hong KongMacau

Bolsa de Hong Kong volta a suspender transações do grupo Suncity

Macau

Fechadas todas as salas de jogo VIP do grupo Suncity em Macau

Assine nossa Newsletter