Comissão do ataque ao Capitólio convoca mais aliados de Trump

Comissão do ataque ao Capitólio convoca mais aliados de Trump

A comissão especial do Congresso dos Estados Unidos que investiga o ataque ao Capitólio de 6 de janeiro por apoiadores de Donald Trump convocou nesta segunda-feira (22) mais cinco aliados do ex-presidente para depoimentos

O apresentador de rádio de extrema direita e conspiracionista Alex Jones e o autoproclamado “dirty trickster” (trapaceiro sujo) Roger Stone receberam ordens para testemunhar ao lado de duas figuras chave do movimento “Stop the Steal” (Parem o Roubo) de Trump, além do então porta-voz do ex-presidente.

“O comitê está buscando informações sobre as manifestações e a posterior marcha até o Capitólio, que se transformou em um ataque por uma multidão violenta ao Capitólio e ameaçou nossa democracia”, explicou seu presidente, Bennie Thompson, em um comunicado.

“Precisamos saber quem organizou, planejou, pagou e recebeu os fundos relacionados a esses eventos, bem como quais comunicações os organizadores tiveram com funcionários da Casa Branca e do Congresso.”

Jones, de 47 anos, e Stone, um ativo republicano de 69 anos, fizeram discursos na noite anterior ao atentado, instando os apoiadores de Trump a rejeitar os resultados da eleição, lembra o painel.

Thompson apontou que Jones promovia repetidamente as falsas alegações de Trump sobre fraude eleitoral e que instou seus ouvintes a irem a Washington para a manifestação.

Por sua vez, Stone, cuja pena de prisão de 40 meses por mentir ao Congresso foi comutada por Trump em julho passado, usou membros do grupo de extrema direita Oath Keepers como seguranças pessoais enquanto estava em Washington.

O painel já intimou vários ex-funcionários da campanha de Trump e de seu governo.

Milhares de partidários de Trump invadiram o Capitólio há 10 meses em um esforço para anular a vitória eleitoral do presidente Joe Biden, em um motim que levou à morte de cinco pessoas e deixou dezenas de policiais feridos. Em um discurso inflamado, o republicano havia os encorajado a marchar até a sede do Congresso e “lutar”.

Related posts
ChinaMundo

EUA pedem à ONU o relatório de Xinjiang antes dos JO de Pequim

MundoTransportes

Companhias aéreas alertam para potencial 'caos' se 5G não for limitada

MundoPolítica

Crença em fraude eleitoral segue forte entre eleitores leais a Trump

MundoPolítica

EUA dizem estar preparados para todos os cenários sobre Ucrânia

Assine nossa Newsletter