Guedes chama ministro-astronauta de burro - Plataforma Media

Guedes chama ministro-astronauta de burro

O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou nesta terça-feira (27) que não falta dinheiro para o país, mas falta gestão.

Em reunião em sua sala, ele chamou colegas do próprio governo de incompetentes, se referiu a Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) como burro, e disse que “às vezes eu mesmo me pergunto o que estou fazendo aqui.”

As frases foram ditas durante encontro com integrantes da comissão de Ciência e Tecnologia da Câmara, que brigam para ter de volta R$ 600 milhões de recursos retirados do ministério da área. No local estavam deputados da base e de oposição.

Nesse contexto, Guedes afirmou que há muita incompetência na gestão do dinheiro público, que ministros não executam os recursos que estão disponíveis e deixam valores parados, sem utilização.

Especificamente sobre a Ciência e Tecnologia, o titular da Economia se referiu a todo tempo a Pontes sem citar seu nome, mas chamando-o de astronauta. Ele deu a entender que o colega de Esplanada vive no ‘espaço’ e não entende nada de gestão.

Guedes criticou a reclamação em questão, sobre o corte nos valores da pasta, dizendo que cerca de 50% da execução orçamentária até agora não foi feita. Ele se queixou das prioridades do ministério, afirmou que sempre defendeu o investimento em ciência, mas que o dinheiro foi parar em ‘foguetes’. Nesse momento, usou a palavra “burro” para classificar o gestor.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter