Guerra entre Taiwan e China em 2022 é improvável

Guerra entre Taiwan e China em 2022 é improvável

As hipóteses de uma guerra entre a China continental e Taiwan em 2022 são “muito baixas”, defendeu hoje o diretor geral do Gabinete Nacional de Segurança taiwanês, Chen Ming-Tong, segundo a agência de notícias da ilha CNA

Embora “haja vários eventos aos quais é preciso estar atento”, Chen previu que “não haverá problemas” durante o resto do mandato da Presidente taiwanesa, Tsai Ing-wen, que decorre até 2024.

Como exemplo de “eventos inesperados” que podem surgir em qualquer momento, Chen mencionou a pandemia de covid-19.

Além disso, aproveitou a ocasião para acusar o Presidente chinês, Xi Jinping, de tomar um rumo cada vez mais “autoritário e totalitário” e de pôr em perigo a “liberdade e a democracia”.

As incursões de aviões chineses da Zona de Identificação de Defesa Aérea taiwanesa no início de outubro fizeram com que as relações entre Taipé e Pequim atravessassem o “seu pior momento em quatro décadas”, de acordo com o ministro da Defesa da ilha, Chiu Kuo-cheng.

China e Taiwan vivem como dois territórios autónomos desde 1949, altura em que o antigo governo nacionalista chinês se refugiou na ilha, após a derrota na guerra civil frente aos comunistas.

No entanto, Pequim considera Taiwan parte do seu território, e não uma entidade política soberana, e ameaça usar a força caso a ilha declare independência.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MundoPolítica

ONU vai votar resolução para Rússia pagar indemnizações pela invasão da Ucrânia

MundoPolítica

Primeira-dama ucraniana acusa Rússia de colocar tecnologia "ao serviço do terror"

ChinaPolítica

Taiwan: Pequim diz que reunificação está mais perto do que nunca

BrasilFuturo

Tecnologia: Instituto brasileiro e universidade de Taiwan estudam 6G

Assine nossa Newsletter