COP26 é questão de 'vida ou morte', diz John Kerry - Plataforma Media

COP26 é questão de ‘vida ou morte’, diz John Kerry

“Precisamos ter sucesso” na COP26 que começa neste mês em Glasgow, na Escócia, afirmou o enviado especial dos Estados Unidos para o clima, John Kerry, nesta segunda-feira (4), citando “uma situação crítica, de vida ou morte para muitas pessoas”.

O COP26 é uma questão de vida ou morte. “Temos 55% das economias mundiais comprometidas em limitar o aumento da temperatura a 1,5º C; é algo extraordinário. Mas precisamos que os 45% restantes se juntem a nós”, declarou Kerry à rede BFMTV em Paris.

Kerry acrescentou que “é uma situação crítica, de vida ou morte para muita gente (…) Não, não é tarde (para agir) mas temos de agir agora”.

O COP26 é uma questão de vida ou morte e o enviado especial americano insistiu que “devemos fazer mais do que o Acordo de Paris, que não é suficiente porque continuamos a aumentar as emissões” de gases de efeito estufa.

O Acordo de Paris de 2015 estabelece o compromisso de limitar o aumento médio da temperatura global a 2º C em relação aos níveis pré-industriais e redobrar os esforços para não ultrapassar o nível de 1,5º C até o final deste século.

Kerry também foi questionado sobre a crise diplomática provocada pela quebra, pela Austrália, de um contrato bilionário de compra de submarinos franceses a favor de navios americanos, sobre o qual assegurou que “não é uma traição” à França, mas “uma falta de comunicação.”

Kerry, que fala francês, disse que teve uma conversa “muito agradável” com o presidente francês Emmanuel Macron. “Falamos como os amigos que somos”, concluiu.

Related posts
MundoSociedade

EUA é maior poluidor com plásticos do mundo

BrasilPolítica

MP do Brasil quer retirada de extratores de ouro na Amazónia

Brasil

Brasil usará "força total" para reduzir desflorestação após acusações

ChinaMundo

Biden forçado a esclarecer posição ambígua sobre Taiwan

Assine nossa Newsletter