Para Temer, Bolsonaro ajuda a 'distensionar' Brasil - Plataforma Media

Para Temer, Bolsonaro ajuda a ‘distensionar’ Brasil

Ex-presidente descartou possibilidade de ir a eleições

O ex-presidente Michel Temer (MDB) celebrou nesta segunda-feira (27) a posição “paz e amor” adotada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em entrevista à revista Veja. Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Temer disse acreditar que o tom de Bolsonaro ajuda a promover uma “distensão” da situação política atual do Brasil.

“Eu acho que, se ele seguir nessa linha, é útil para o país, distensiona. O que mais nos precisamos para o país é uma distensão das relações. O povo respira aliviado. Acho que isso é bom para o país, naturalmente é bom para o governo, é bom para todos os brasileiros”, afirmou.

De acordo com o ex-presidente, as declarações à revista sinalizam uma busca de Bolsonaro por paz e harmonia entre os poderes. 

“É uma coisa que os brasileiros estão à procura”, analisou. “O conteúdo todo da entrevista é na direção de quem está disposto àquilo que todo presidente deve fazer: cumprir a Constituição.”

Na entrevista, Bolsonaro descartou a possibilidade de um golpe do governo atual, afirmando que a chance só existe a partir da oposição.

“Daqui pra lá, a chance de um golpe é zero. De lá pra cá, a gente vê que sempre existe essa possibilidade”, assegurou, citando “100 pedidos de impeachment dentro do Congresso”.

Eleições 2022

Diante da preferência de boa parte do eleitorado pelos nomes de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro em pesquisas visando a eleição presidencial de 2022, Temer disse achar que “seria importante” conseguir viabilizar um terceiro nome na disputa.

“Meses atrás eu achava que poderia haver uma única candidatura (de terceira via). Ou seja, os partidos se uniriam, lançariam pré-candidatos e ao final lançariam uma candidatura que fosse a mais viável”, afirmou.

Leia mais em Band

Assine nossa Newsletter