Marcos Alonso não se ajoelha mais e propõe novo gesto contra o racismo

Marcos Alonso não se ajoelha mais e propõe novo gesto contra o racismo

Jogador do Chelsea afirma que gesto de ajoelhar-se contra o racismo está a perder força.

Na sexta temporada consecutiva no Chelsea, o defesa Marcos Alonso afirmou esta terça-feira que não vai mais ajoelhar-se antes dos jogos da Premier League. O gesto antirracista, de acordo com o espanhol, está a “perder um pouco de força”.

O jogador de 30 anos defende que quer levantar-se e apontar para o distintivo de “Não ao Racismo na Premier League” na lateral da camisola.

“Sou totalmente contra o racismo e contra todo tipo de discriminação”, garantiu. “Eu apenas prefiro apontar para o emblema onde está escrito ‘Não ao Racismo’, como eles fazem em alguns outros desportos e no futebol noutros países”, acrescentou.

Leia mais em O Jogo

Assine nossa Newsletter