"Sexista e depreciativo". Lenda do xadrez processa Netflix pela série "Gambito de Dama" - Plataforma Media

“Sexista e depreciativo”. Lenda do xadrez processa Netflix pela série “Gambito de Dama”

A lenda do xadrez da Geórgia, Nona Gaprindashvili, entrou com um processo de difamação de cinco milhões de dólares (equivalente a cerca de 4,2 milhões euros) contra a Netflix, alegando que a sua representação na série “Gambito de Dama” era “sexista e depreciativa”.

Segundo uma cópia do processo aberto na quinta-feira num tribunal da Califórnia, EUA, Gaprindashvili acusa a Netflix de distorcer as suas conquistas na série e de sugerir falsamente que a ex-campeã mundial feminina nunca jogou xadrez competitivo com homens.

Gaprindashvili, agora com 80 anos, afirma que competiu contra dezenas de jogadores masculinos, vencendo 28 deles.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter