Universidades formam aliança para ensino de português na China

Universidades formam aliança para ensino de português na China

A Universidade de Lisboa, a Universidade de Macau e a Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim assinaram um protocolo para a criação da Aliança Universitária para o Ensino de Língua Portuguesa na China, foi hoje divulgado

A iniciativa marca “a criação oficial da Aliança, organização esta que irá apostar em elevar o nível da cooperação na área do ensino da língua portuguesa na China”, de acordo com um comunicado da Universidade de Macau (UM).

As universidades vão “desenvolver cooperação na formação de profissionais de qualidade, recrutamento estudantil e futuro emprego, investigação científica, inovação colaborativa e serviços sociais, entre outras áreas”, acrescentou.

O vice-reitor da UM, Rui Martins, sublinhou que a aliança universitária vai “desempenhar plenamente o seu papel como ponte de ligação entre a China e os países de língua portuguesa”, com o objetivo de aprofundar a cooperação no domínio do ensino do português.

A organização sem fins lucrativos foi proposta pela UM e vai procurar potenciar vantagens de cada uma das instituições “nos domínios de ensino e investigação científica de língua portuguesa, fomentando a compartilha e a produção conjunta de recursos, e promovendo uma cooperação mais aprofundada entre os membros na formação de quadros qualificados e na inovação científico-tecnológica”, indicou a mesma nota.

Related posts
MundoSociedade

Fecho de escolas na Ásia privou 434 milhões de crianças de educação

ChinaSociedade

Ano letivo arranca na China com “Pensamento de Xi Jinping” no currículo

MacauSociedade

Mau tempo: Escolas têm de arranjar atividades em caso de chuva intensa

CulturaMundo

Venezuela: Ensino de português avança apesar dos apagões e falhas na Internet

Assine nossa Newsletter