Pai de Britney Spears pede para encerrar tutela da filha

Pai de Britney Spears pede para encerrar tutela da filha

O pai de Britney Spears pediu o fim da tutela de sua filha imposta pelos tribunais, informou a imprensa americana ontem

O pedido vem semanas depois de Jamie Spears, o pai da cantora, dizer que estava preparado para deixar seu papel de tutor, e depois de vários pedidos da estrela pop para removê-lo do que ela considera uma medida cruel e abusiva.

“Acontecimentos recentes relacionados a essa tutela levaram a questionar se as circunstâncias mudaram a ponto de não haver mais base para estabelecer uma tutela”, argumenta o pedido, de acordo com a CNN.

“A Sra. Spears disse a este tribunal que ela quer voltar ao controle de sua vida sem uma tutela. Ela quer ser capaz de tomar decisões sobre seus cuidados de saúde, decidir quando, onde e com que frequência ir à terapia”.

“Ela quer controlar o dinheiro que ganhou na carreira e gastá-lo sem supervisão. Ela quer se casar e ter filhos, se essa for a sua vontade. (…) Em suma, ela quer viver a vida como ela quer sem as restrições de uma tutela ou mandatos judiciais”, diz o texto.

O pedido acrescenta que Jamie Spears quer “o que é melhor para sua filha” e que “acredita que ela pode cuidar de sua própria vida”.

O advogado de Britney, Mathew Rosengart, disse que o pedido é uma “reivindicação” para sua cliente, de acordo com a NBC News.

Representantes de ambos os lados ainda não responderam aos pedidos da AFP para comentar o caso.

Britney, 39, alcançou a fama quando adolescente, mas sofreu um colapso emocional público em 2007, quando atacou um paparazzi em um posto de gasolina.

Esse fato a levou a ser colocada sob a tutela incomum de seu pai.

Ela tem questionado repetidamente seu pai sobre esta tutela, afirmando em tribunal e nas redes sociais que esta decisão é “cruel” e acusando-o de se aproveitar do sistema.

Britney argumentou no tribunal que foi impedida de remover um dispositivo anticoncepcional, apesar de querer mais filhos, e que foi medicada à força, fazendo-a se sentir “bêbada”.

Seus fãs a apoiam e mundialmente viralizaram a ‘hashtag’ #FreeBritney (Libertem Britney).

Related posts
BrasilPolítica

MP do Brasil quer retirada de extratores de ouro na Amazónia

AngolaCabo Verde

Cidadãos lusófonos multados por transporte de dinheiro para general angolano

MacauSociedade

Recurso da Wynn rejeitado pelo TUI, que terá de pagar indemnização

MundoPolítica

Comissão do ataque ao Capitólio convoca mais aliados de Trump

Assine nossa Newsletter