China prevê atingir a neutralidade carbónica em 2060

China prevê atingir a neutralidade carbónica em 2060

A China deverá investir 136 biliões de yuan para alcançar a neutralidade carbónica em 2060, anunciou ontem um alto responsável do Governo

A China prevê atingir a neutralidade carbónica em 2060, informação que foi avançada pelo vice-presidente do Conselho da China para a Promoção do Comércio Internacional, Zhang Shaogang, durante a Feira Internacional do Comércio e Serviços da China, segundo a televisão estatal CCTV.

Segundo Zhang, 90% das emissões nacionais de carbono são provenientes de setores-chave como a indústria, energia, construção e transportes, motivo pelo qual a China necessitará de fazer “a maior diminuição de emissões da história mundial”.

No entanto, o responsável destacou que a China prevê atingir a neutralidade carbónica em 2060, mas que se trata de um objetivo difícil, uma vez que “60% das tecnologias que apoiam a neutralidade carbónica ainda se encontram numa fase conceptual”, o que requer um grande investimento e apoio à investigação.

Zhang está mais otimista com as metas ambientais fixadas por Pequim, a de atingir o seu pico nas emissões de carbono antes de 2030.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MundoSociedade

Vencedores do prémio Príncipe William anunciados em Londres

ChinaSociedade

Pequim tenta reduzir desperdício alimentar face a clima extremo

MundoSociedade

Ativistas invadem desfile da Louis Vuitton em protesto contra mudanças climáticas

MundoSociedade

COP26 é questão de 'vida ou morte', diz John Kerry

Assine nossa Newsletter