Filósofo francês Jean-Luc Nancy morre aos 81 anos - Plataforma Media

Filósofo francês Jean-Luc Nancy morre aos 81 anos

Nancy tem várias obras traduzidas em Portugal, a começar por “Resistência da Poesia”, pela Vendaval (2005), passando por “O ‘Há’ da relação sexual'”, pela Quasi (2008), ou “À escuta”, pela Chão da Feira (2014), entre outras

O filósofo francês Jean-Luc Nancy morreu esta terça-feira, aos 81 anos, confirmou o jornal Le Monde junto do seu editor, depois de uma notícia avançada por um jornal regional da Alsácia.

Nascido em Caudéran, hoje parte de Bordéus, em 1940, formou-se em Filosofia pela Universidade da Sorbonne, em Paris, em 1962, onde trabalhou com Georges Canguilhem e Paul Ricoeur, que foi o seu orientador da dissertação de mestrado sobre a filosofia da religião de Hegel, segundo a biografia disponível na página da European Graduate School, na Suíça, onde foi professor, ocupando a cátedra precisamente com o nome do filósofo alemão.

Assistente no Instituto de Filosofia da Universidade de Estrasburgo, em 1968, terminou a sua tese de doutoramento em 1973 sobre o discurso analógico de Kant, também sob orientação de Ricoeur. Nesse ano tornou-se assistente na Universidade de Ciências Humanas, em Estrasburgo, onde deu aulas até se reformar, em 2002.

Com Philippe Lacoue-Labarthe, Jacques Derrida e Sarah Kofman dirigiu uma coleção de filosofia nas edições Galilée, pelas quais publicou mais de 30 títulos ao longo da carreira, desde “Le Titre de la Lettre”, em 1973, a “Mascarons de Macron”, já este ano.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
BrasilLifestyle

Mulher mais idosa do Brasil morre aos 116 anos

MacauPolítica

As mensagens que Jorge Sampaio em visitas oficiais a Macau

China

Novo embaixador alemão na China morre aos 54 anos

AngolaPortugal

Presidente de Angola lamenta morte de empresário João Macedo

Assine nossa Newsletter