TNR: Associações querem limitar trocas de emprego e falam em “especulação” - Plataforma Media

TNR: Associações querem limitar trocas de emprego e falam em “especulação”

Os salários de empregadas domésticas subiram de 4 mil para 7 mil patacas com restrição de entrada de estrangeiros. A associação de agências de emprego e Wong Kit Cheng querem que o Governo tome medidas para impedir que o mercado se torne caótico

A troca de emprego e os consequentes aumentos salariais dos trabalhadores não-residentes (TNR) em tempos de pandemia estão a causar insatisfação. De acordo com um artigo publicado no jornal Ou Mun, nas associações tradicionais há quem acuse os trabalhadores de “especulação” e de trazerem “o caos para o mercado”.

Antes da pandemia, o Governo e a Assembleia Legislativa fizeram uma lei que impede que os TNR procurem emprego em Macau, se estiverem no território com visto de turista. Com a proibição da entrada de estrangeiros em Macau, devido às medidas de controlo da pandemia, a falta de mão-de-obra generalizou-se. Ao mesmo tempo, os TNR que perderam o emprego ficaram impedidos de encontrar novos trabalhos, porque a lei exige que saiam da RAEM antes de mudarem de posição.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
EconomiaMacau

Mais um estabelecimento a fechar portas, e uma comunidade a pedir ajuda

MacauSociedade

Trabalho a tempo parcial é “uma lacuna legislativa”

EconomiaMacau

Hotelaria perdeu 9 mil trabalhadores

Lifestyle

Sete soluções para lidar com um emprego que não suporta

Assine nossa Newsletter