Fundos de capital de risco na Grande Baía - Plataforma Media

Fundos de capital de risco na Grande Baía

Alibaba Entrepeneurs Fund (AEF) é um programa sem fins lucrativos criado pelo grupo Alibaba. O seu objetivo inicial é oferecer a jovens empreendedores capital e recomendações estratégicas para que possam concretizar os seus objetivos e, por consequência, participar no densenvolvimento económico da região.  

Recentemente, no dia 13 de julho, o Alibaba Entrepeneurs Fund Hong Kong anunciou que iria investir no AEF Greater Bay Area Fund, através da sua sucursal em Hong Kong. O AEF da Grande Baía torna-se assim, o primeiro fundo de capital de risco privado em Hong Kong a focar-se no desenvolvimento de empresas start-up na Grande Baía.  

Em termos de abertura e vitalidade económica, a Grande Baía é, sem dúvida, a região mais competitiva do Leste Asiático e talvez do mundo inteiro, com um variado leque de talentos dispostos a dar vida às suas ideias. Esta afluência é um dos fatores que faz da Área da Grande Baía uma região tão dinâmica. A audácia para criar, refletir e desenvolver as tecnologias do futuro é o objetivo da região, que conta com a criação e implementação de um sistema de apoio ao empreendedorismo e emprego. Vários fundos e instituições financeiras planeiam participar neste processo de desenvolvimento económico.  

O AEF Hong Kong foi criado para apoiar jovens empreendedores de Hong Kong e Taiwan, com o fundo monetário de Hong Kong a chegar aos mil milhões de Hong Kong dólares. Este programa exige que as empresas candidatas tenham já definido o seu cliente-alvo ou produto, e atua em várias áreas industriais. Os investimentos já incluíram empresas de tecnologia financeira, como a Compare Asia Group, e outras empresas de meios de comunicação, comércio eletrónico, jogos, entre outros.  

O Alibaba Entrepeneurs Fund Hong Kong foi criado para apoiar jovens empreendedores de Hong Kong e Taiwan, com o fundo monetário de Hong Kong a chegar aos mil milhões de HKD. 

Após um processo de entrevistas e análise meticulosa, não só o fundo fornece à empresa o capital prometido, como também proporciona orientação estratégica. Através do ecossistema Alibaba, estes negócios poderão expandir e acelerar a sua entrada noutros mercados.  

Como grande investidor, o Greater Bay Area Fund é descrito pelo vice-presidente executivo do grupo Alibaba e presidente do Alibaba Entrepeneurs Fund, Joseph Tsai, como uma experiência de sucesso em Hong Kong que poderá ser reproduzida na Grande Baía, ajudando os empreendedores da região a crescer e a cultivar um novo espírito empreendedor.  

Zhang Shuling, jovem psicóloga de Hong Kong, abriu uma empresa de aconselhamento psicológico em Guangzhou, que oferece maioritariamente terapia para problemas de ansiedade, depressão, trauma, stress laboral, entre outros. No ano de 2019, foi pela primeira vez a Guangzhou para participar na 6º edição da Competição de Inovação Jovem e Empreendedorismo de Guangzhou, onde venceu o prémio de popularidade. Foi após este evento que decidiu desenvolver o seu negócio mais a norte. Só quando chegou a Guangzhou e viu vários estrangeiros na estação de comboio é que sentiu que esta era uma região já internacional. Nunca tinha visitado o continente no passado, apenas tinha algum conhecimento com base no que familiares em Guangzhou lhe contavam, mas rapidamente entendeu que a realidade era diferente do que esperava, e sentiu-se “cheia de energia”.  

As políticas governamentais de apoio à construção da Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau são uma das razões pelas quais tantos empreendedores estão dispostos a mudar-se para a região, criando maior otimismo em relação ao ambiente de empreendedorismo com este novo fundo. A criação e apoio a novos empreendedores no Delta do rio das Pérolas, um dos pilares de crescimento económico, irá reforçar o dinamismo económico da região.  

Desde a implementação do “Plano de Desenvolvimento para a Área da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau”, a região tem acelerado a criação de políticas e sistemas de apoio à criação de negócios por jovens de Hong Kong e Macau, auxiliando os mesmos a integrar-se no país e a participar no seu desenvolvimento nacional.  

Vários jovens sonham em criar o seu próprio negócio, mas faltam-lhes os fundos necessário para pôr em prática as suas ideias. Para além de medidas políticas e de apoio financeiro, a participação de instituições financeiras privadas e consórcios é também altamente importante. Até ao final de março deste ano, o Alibaba Entrepeneurs Fund Hong Kong investiu um total de 600 milhões de Hong Kong dólares em mais de 50 start-ups, atraindo mais de 13 mil milhões em investimento conjunto.  

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
ChinaEconomia

Empresas da Grande Baía miram a ASEAN

ChinaEconomia

Novas vantagens para o setor financeiro de Macau

ChinaEconomia

China planeia desmantelar Alipay

ChinaEconomia

Plataforma, Grande Baía e sustentabilidade: o futuro em três eixos

Assine nossa Newsletter