Ho Iat Seng destaca acção do Exército para pôr fim à insegurança nos anos 90

Ho Iat Seng destaca acção do Exército para pôr fim à insegurança nos anos 90

O Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, lembrou, a propósito dos 94 anos de existência do Exército de Libertação do Povo Chinês, que a sua instalação em Macau, aquando da transição, “produziu um enorme efeito dissuasor” que pôs um ponto final no clima de insegurança vivido no território nos anos 90

Na celebração dos 94 anos do Exército de Libertação do Povo Chinês (ELP), o Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, realizou um discurso onde lembrou o efeito positivo do estacionamento das tropas para a segurança do território, no dia 20 de Dezembro de 1999.

Para o governante, “o estacionamento das tropas do Exército de Libertação do Povo Chinês na RAEM produziu um enorme efeito dissuasor que rapidamente reverteu a instabilidade da segurança pública que se registava em Macau antes do seu retorno à Pátria”. Desta forma Macau tornou-se “numa das cidades mais seguras do mundo”, tendo-se criado “um ambiente social estável, propício ao desenvolvimento económico, social e à vida quotidiana e profissional dos seus residentes”.

Ho Iat Seng recordou que, em 20 anos, o ELP sempre cumpriu “com seriedade” o princípio “um país, dois sistemas”, além de que tem vindo a observar “escrupulosamente” a Lei Básica e a Lei do Estacionamento de Tropas na RAEM.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
ChinaEconomia

CE afirma que projeto de cooperação Macau-Cantão é inédito

Grande BaíaMacau

Posto de Qingmao alarga horizontes de Macau

MacauPolítica

Ho Iat Seng define o que é ser patriota e garante independência

ChinaDesporto

Jogos Olímpicos: Participação da China encorajou “paixão patriótica”, Ho Iat Seng

Assine nossa Newsletter