Pescadores nunca viram tantos golfinhos, orcas, baleias e atuns de 200 quilos na nossa costa - Plataforma Media

Pescadores nunca viram tantos golfinhos, orcas, baleias e atuns de 200 quilos na nossa costa

Avistamentos são cada vez mais comuns. “Há noites em que encontramos muita sardinha e no dia seguinte o mar já tem pouca, algo que explicamos pela existência dos tais grandes predadores.”

Os pescadores portugueses dizem que nunca viram tantos golfinhos, orcas, grandes atuns e baleias nas águas portuguesas. O aumento tem sido constante nos últimos três anos e está a notar-se mais em 2021.

Humberto Jorge, presidente da Associação Nacional das Organizações de Produtores da Pesca do Cerco (ANOPCERCO), diz à TSF que “é um facto que os profissionais um pouco por toda a costa, do Guadiana ao Minho, têm relatado avistamentos de muitos cetáceos, sejam eles pequenos ou grandes, muitos golfinhos, aos milhares, de várias espécies, e animais de maior porte como baleias e orcas”. “É uma realidade não só deste ano, mas que este ano está a ser maior”, relata.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter