SEF passa a controlar todos os passageiros de voos de fora da Europa - Plataforma Media

SEF passa a controlar todos os passageiros de voos de fora da Europa

PSP também tem de controlar 50% das viagens dentro da União Europeia. Sindicato do SEF novas regras já aumentaram as filas.

Desde sábado que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem de fiscalizar a existência de um teste negativo à Covid-19 ou de um certificado de vacinação junto de todos os passageiros de fora da União Europeia, enquanto nos voos dentro do espaço europeu a Polícia de Segurança Pública (PSP) tem agora de controlar agora metade das viagens.

Até agora estas fiscalizações eram feitas de forma aleatória, com especial incidência nos voos de países de risco, mas a mudança de política foi publicada em Diário da República durante a sexta-feira e entrou em vigor no sábado.

O Governo justifica-se com o aumento do tráfego aéreo previsto para as próximas semanas, as novas variantes oriundas do exterior e a necessidade de garantir que as normas contra a Covid-19 são “escrupulosamente cumpridas”.

Na prática, a PSP tem agora de fiscalizar 50% dos voos vindos da União Europeia ou de países associados do Espaço Schengen e o SEF tem de confirmar que todos os passageiros que aterram em Portugal vindos de fora do Espaço Schengen trazem o certificado Certificado Digital COVID ou o comprovativo de um teste.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter