Portugueses detidos por violação negam acusações e dizem que sexo foi consentido - Plataforma Media

Portugueses detidos por violação negam acusações e dizem que sexo foi consentido

Os quatro portugueses detidos no sábado por suspeita de abuso sexual negaram as acusações das duas jovens espanholas de 22 e 23 anos.

Os quatro jovens portugueses detidos no sábado, dia 24, por suspeita de violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, testemunharam este domingo perante a juíza María Luz Rodríguez Pérez e um procurador. Foram ouvidos durante cerca de três horas na presença de um advogado e um intérprete. Esta segunda-feira deverão conhecer as medidas de coação.

Os suspeitos, com idades entre os 20 e os 30 anos de idade, declararam-se inocentes e negaram os atos pelos quais foram acusados, assegurando que as relações com as jovens espanholas foram consentidas e que não usaram de força ou violência contra as vítimas.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter