MP pede prisão para dois dos quatro portugueses suspeitos de violação - Plataforma Media

MP pede prisão para dois dos quatro portugueses suspeitos de violação

O advogado dos quatro portugueses detidos por suspeita de violação em Gijón, assegura que o sexo foi consentido. Dois dos portugueses deverão sair em liberdade.

German-Rámon Mendez, advogado oficioso, revelou que o Ministério Público espanhol irá pedir a prisão preventiva de apenas dois dos quatro portugueses detidos no sábado de manhã por suspeita de violação de duas raparigas espanholas. Os restantes dois deverão sair em liberdade mas ficam proibidos de comunicar com as jovens espanholas.

Segundo o advogado, não existem lesões nas raparigas que comprovem a existência de violação. E por isso, avança German-Rámon, as raparigas não estão a dizer a verdade e o sexo foi consentido.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter