Enxergamos os protestos em Cuba como algo nosso, afirma opositor venezuelano - Plataforma Media

Enxergamos os protestos em Cuba como algo nosso, afirma opositor venezuelano

Líder exilado aponta prisão de ex-deputado no dia seguinte a atos em Havana como demonstração de medo de Maduro

De Madri, onde está exilado, o líder opositor venezuelano Leopoldo López, 50, observa os desdobramentos dos protestos em Cuba, no último domingo (11), e de que maneira as manifestaçõesimpactarão seu país.

Para ele, que passou sete anos preso pelo regime de Maduro, a detenção do ex-deputado Freddy Guevara no dia seguinte aos atos na ilha é uma reação de medo dos chavistas diante do que ocorre em Havana.

López, responsável por comandar os protestos de 2014 na Venezuela e um dos arquitetos da estratégia de promover Juan Guaidó a líder da oposição, afirma que o governo tenta inventar justificativas para não participar das negociações do acordo de salvação nacional proposto por seu partido, o Vontade Popular.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
MundoSociedade

Ensaio cubano de vacina infantil anticovid chega à terceira dose

MundoPolítica

Venezuela: Ataques a ativistas dos direitos humanos atingiram máximo em julho

MundoPolítica

Maduro diz que derrotou Juan Guaidó e sentou a oposição extremista a dialogar

CulturaMundo

Venezuela: Ensino de português avança apesar dos apagões e falhas na Internet

Assine nossa Newsletter