10 mil pessoas unidas pelo bem da humanidade

10 mil pessoas unidas pelo bem da humanidade

Com as celebrações do 100º aniversário do Partido Comunista Chinês, foi organizada uma conferência pioneira, que contou com a presença de 500 líderes partidários e representantes de organizações políticas de mais de 160 países, num encontro onde 10 mil pessoas exploraram soluções para a felicidade da população e discutiram a responsabilidade dos partidos políticos a este respeito. Podemos assim considerar que a conferência foi uma cimeira política global, transmitida por vídeo, onde o líder partidário chinês, o Presidente Xi Jinping, também discursou.

Mais de 10 mil representantes e líderes partidários de 160 países foram convidados a participar na videoconferência. Um evento que apenas o Partido Comunista Chinês seria capaz de organizar, visto que para além de se preocupar com a população chinesa, preocupa-se também com o resto do mundo. O objetivo passa por promover a criação de uma comunidade de futuro partilhado e oferecer aos chineses uma boa qualidade de vida. Com o benefício da população chinesa como base, essa força é depois usada também em prol da humanidade. A própria ideologia do Partido tem a humanidade em mente. A ideologia Marxista-Leninista e Maoísta são a base de orientação do Partido, uma instituição política que procura o bem de toda a população sem segundos interesses. O objetivo final do PCC é a implementação do comunismo, porém, segundo os ideais Marxistas, tal não será atingido através de uma única nação, mas sim de uma organização global, sendo o PCC um partido que pretende o melhor para a humanidade. São também os genes culturais chineses e os ideais de Confúcio, que reinam há mais de dois milhares de anos, a determinar estas bases morais, familiares, políticas e a procura por um mundo igualitário. Com uma boa administração do nosso país esperamos que outras nações adotem também os mesmos níveis de civilização. A ambição chinesa é lutar pela igualdade, pela humanidade e assumir responsabilidade pelo mundo. Com base nestes propósitos, na tradição cultural chinesa e nos ideais de Mao Tsé-Tung desenvolvidos com base no Marxismo-Leninismo, o PCC quer atingir a prosperidade para toda a humanidade através de uma comunidade de futuro partilhado. Esta é a grande harmonia que os antigos sábios chineses procuravam.

O PCC quer criar oportunidades de desenvolvimento para o resto do mundo com base nos seus sucessos, guiando-os rumo a uma vida civilizada e de qualidade, juntando líderes políticos de todo o mundo para discutir soluções para cada país. Esta é uma conferência sem precedentes. Após o estabelecimento de um mecanismo como este, o consenso e cooperação entre as várias nações poderá ser atingido, levando a uma melhor e mais unida administração global.

*Editor Senior do Plataforma

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Opinião

Os beneficiados da guerra no Afeganistão

Opinião

Afeganistão e os derrotados na guerra

Opinião

Construir foi difícil, mais ainda será manter

Opinião

A luta pelo reconhecimento do novo estado afegão dos talibãs

Assine nossa Newsletter