Bolsonaro prorroga atuação de militares na Amazônia e proíbe queimadas - Plataforma Media

Bolsonaro prorroga atuação de militares na Amazônia e proíbe queimadas

Uso de fogo não poderá ocorrer nos próximos 120 dias e GLO ambiental estará em vigor até 31 de agosto.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) prorrogou por mais dois meses a presença de militares na Amazônia para o combate a crimes ambientais.

O prazo da chamada GLO (Garantia da Lei e da Ordem) ambiental começa nesta segunda-feira (28) e vai até 31 de agosto.

De acordo com comunicado divulgado pelo Planalto, os militares atuarão num conjunto de municípios específicos em situação problemática e em áreas da União, como terras indígenas e unidades federais de preservação. O efetivo das Forças Armadas poderá ser empregado em outros locais, mas o governador do estado precisará fazer uma requisição ao presidente da República.

O governo Bolsonaro tem recorrido às Forças Armadas para ações de fiscalização na Amazônia desde a onda de queimadas registrada no bioma em 2019.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro publica vídeo com ataques a Lula antes da campanha

BrasilPolítica

Bolsonaro apresenta melhoras clínicas. Médico decidirá sobre cirurgia

BrasilSociedade

Brasil suspende licença para exploração de ouro em áreas preservadas da Amazónia

BrasilSociedade

Bolsonaro divulga vídeo onde homem descreve vacinas como "porcaria"

Assine nossa Newsletter