Certificado Digital devolve "o direito à livre circulação" - Plataforma Media

Certificado Digital devolve “o direito à livre circulação”

Arranca a 1 de julho o livre-trânsito que tem a ambição de restituir aos europeus um dos direitos “mais tangíveis e apreciados”, e dar um impulso ao turismo.

Colocar um ponto final às barreiras à livre circulação de pessoas. É essa a missão do Certificado Digital Covid da União Europeia (UE). E com as barreiras postas de lado, a Comissão Europeia espera animar um dos setores mais pressionados pela pandemia: o turismo.

Nem 2021, nem 2022 e, possivelmente, nem 2023 serão anos iguais ao de 2019 em termos turísticos, mas Bruxelas quer acelerar uma das atividades mais importantes para a economia europeia. A Europa é um dos principais destinos turísticos mundiais e o setor representou perto de 10% do produto interno bruto da UE em 2019, de acordo com dados do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC na sigla em inglês), e contava com 38,5 milhões de empregos. O peso que o setor tem nas economias europeias não é uniforme. Países como Portugal, Espanha e Grécia têm economias mais dependentes do turismo.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Assine nossa Newsletter