Marcelo afasta retrocesso no desconfinamento - Plataforma Media

Marcelo afasta retrocesso no desconfinamento

Chefe de Estado afastou este cenário de retrocesso, alegando que a média de mortos “é baixíssima, a média de doentes em cuidados intensivos é muito baixa”.

O Presidente da República afastou este sábado a possibilidade de um retrocesso no processo de desconfinamento a nível nacional face aos mais recentes números da Covid-19, alegando que os serviços de saúde estão longe de uma pressão grave.

Marcelo Rebelo de Sousa assumiu esta posição no final de uma missa ecuménica, em Lisboa, depois de confrontado pelos jornalistas com o facto de Portugal estar a registar uma subida do número diário de infetados com Covid-19.

Interrogado se este aumento do número de infetados poderá configurar a prazo o regresso a uma situação de confinamento, o chefe de Estado afastou este cenário de retrocesso, alegando que a média de mortos “é baixíssima, a média de doentes em cuidados intensivos é muito baixa e a média de internamentos é também perfeitamente aceitável”.

Leia mais em TSF

Related posts
PortugalSociedade

Vacinação de menores de 12 a 15 anos saudáveis só com prescrição médica

PortugalSociedade

Entre 53 países, Portugal está em 31.º na resposta à pandemia

PolíticaPortugal

"Acho que o Governo vai definir um novo discurso, que não pode ser o do medo"

Portugal

Pós-Covid: o que querem os clientes, o que atrai talento e até a gestão de risco

Assine nossa Newsletter