Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

Aung San Suu Kyi, líder deposta do Myanmar é indiciada por corrupção

A ex-líder do Muanmar, Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10)

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido “600.000 dólares e vários quilos de ouro” em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva. Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.

Related posts
Sociedade

Crianças rohingya condenadas a prisão por tentarem sair de Myanmar

MundoPolítica

Líder do Oath Keepers nega ter planeado ataque ao Capitólio americano

BrasilPolítica

Eleições: Supremo defende justiça eleitoral no combate à desinformação

MundoPolítica

ASEAN expressa "grande preocupação" com escalada de violência em Myanmar

Assine nossa Newsletter