Um dia após prometer vacina na TV, Bolsonaro insiste em remédio sem eficácia e ataca CPI - Plataforma Media

Um dia após prometer vacina na TV, Bolsonaro insiste em remédio sem eficácia e ataca CPI

‘Aquela pessoa que é contra o tratamento imediato e não dá alternativa, no mínimo é um canalha’, afirmou o presidente.

Um dia depois de um pronunciamento em que prometeu vacinar os brasileiros que quiserem ser imunizados, o presidente Jair Bolsonaro voltou a exaltar tratamentos sem eficácia comprovada e a atacar os integrantes da CPI da Covid, no Senado.

Em sua live semanal nesta quinta-feira (3), ao lado do ministro Milton Ribeiro (Educação), Bolsonaro afirmou que a Comissão Parlamentar de Inquérito tinha “uma chance ímpar de discutir essa questão de tratamento imediato, como é que o mundo está enfrentando a questão do Covid.”

“Podíamos dizer se em algum país do mundo ninguém morreu. O que a CPI podia falar sobre o lockdown da Argentina, é o país que mais fechou tudo no mundo. E é um dos países que mais morre por milhão de habitantes”, afirmou. “Falar o que, em função disso, está acontecendo com a Argentina. A Argentina está tomando medida, ali, de fazer inveja a Hugo Chávez.”

Em sua fala na TV, Bolsonaro prometeu que, neste ano, todos os brasileiros que quiserem serão vacinados. Sua fala foi acompanhada de forte panelaço em todas as regiões do país.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilSociedade

Covid-19: 58,5% do público-alvo no Brasil recebeu a primeira dose

BrasilSociedade

Covid-19: Rio registra 4 primeiros casos de morte por variante Delta

MundoPolítica

EUA impõem novas sanções contra Cuba após onda de protestos na ilha

BrasilEconomia

Desemprego deve continuar alto apesar de recuperação, dizem economistas

Assine nossa Newsletter