Nike rompeu com Neymar em meio a investigação de assédio sexual - Plataforma Media

Nike rompeu com Neymar em meio a investigação de assédio sexual

Funcionária da empresa acusa jogador de tentar forçá-la a praticar sexo oral; ele nega.

O rompimento entre Nike e Neymar, em agosto do ano passado, deu-se em meio a uma investigação sobre um suposto ato de assédio sexual do jogador, publicou The Wall Street Journal e confirmou a Folha. Uma funcionária da empresa acusa o atleta de ter tentado forçá-la a praticar sexo oral, o que é negado por ele.

A mulher diz ter relatado o suposto incidente a amigos e colegas em 2016. De acordo com documentos obtidos pelo jornal norte-americano, ela protocolou em 2018 uma reclamação formal, que passou a ser investigada pela empresa de material esportivo. A Nike explicou, segundo o diário, que Neymar não cooperou com essa apuração e por isso teve o contrato encerrado.

Fontes próximas ao jogador disseram à Folha que a acusação já era conhecida por ele e seu pai. Foi por orientação de advogados contratados pelo atleta que ele decidiu se recusar a colaborar com a investigação.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilDesporto

"Quero a Argentina na final", diz Neymar após vitória sobre o Peru

BrasilDesporto

Brasil conta com Neymar para as Olimpíadas em Tóquio

ChinaPolítica

Nike é criticada na China por se manifestar sobre direitos da minoria uigur

BrasilLifestyle

Neymar, novo astro do Fortnite para integrar os eSports

Assine nossa Newsletter