Datafolha: 50% dizem nunca confiar nas declarações de Bolsonaro; só 14% sempre acreditam - Plataforma Media

Datafolha: 50% dizem nunca confiar nas declarações de Bolsonaro; só 14% sempre acreditam

No menor patamar do mandato, credibilidade do presidente sofre abalo até entre quem o aprova.

Pesquisa Datafolha feita na terça (11) e quarta-feira (12) mostra que 50% dos brasileiros dizem nunca confiar nas declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Uma fatia de 34% dos entrevistados afirma acreditar às vezes e apenas 14% respondem que sempre confiam no mandatário; 1% não sabe.

O instituto fez 2.071 entrevistas de forma presencial em 146 municípios espalhados por todo o Brasil. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

A taxa de confiança plena é a menor desde o início da série histórica, em agosto de 2019, ao passo que a desconfiança total é a maior do período. O comparativo do indicador ao longo do governo reforça o cenário negativo para Bolsonaro, com uma severa corrosão da credibilidade do presidente.

Na pesquisa feita pelo Datafolha em março, a taxa de brasileiros que nunca confiam nas declarações do chefe do Executivo estava em 45% (era de 41% em janeiro). Já a fatia dos que sempre acreditam vem em queda: era de 19% em janeiro e de 18% em março. Os que confiam às vezes caíram de 38% para 35%.

Além da desconfiança sobre as declarações, a pesquisa desta semana mostrou que o governo do presidente é aprovado por apenas 24%, a pior marca da gestão dele até aqui. Segundo o levantamento, 54% das pessoas não votariam de jeito nenhum em Bolsonaro, que deve tentar a reeleição.

O ex-presidente Lula (PT), seu principal adversário, lidera a corrida para a Presidência. O petista alcança 41% das intenções de voto no primeiro turno, contra 23% de Bolsonaro. Em um eventual segundo turno, o ex-presidente levaria ampla vantagem, com uma margem de 55% a 32%.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Questionado sobre o meio milhão de mortes, Bolsonaro irrita-se. "Cala a boca"

BrasilPolítica

Covid-19: Bolsonaro diz que infeção é mais eficaz do que vacina contra o vírus

BrasilPolítica

Bolsonaro avança na sua estratégia de ameaçar as eleições de 2022

BrasilPolítica

Após anúncio de Bolsonaro, Queiroga diz que para dispensar máscara é preciso vacinar população

Assine nossa Newsletter