Esquemas de burla sem fim - Plataforma Media

Esquemas de burla sem fim

Ao longo dos últimos anos têm surgido novas formas de burla online, atingindo números chocantes que quebram recordes. Por exemplo, uma mulher em Hong Kong, na casa dos 90 anos, perdeu mais de 250 milhões de dólares de Hong Kong. A mãe de uma modelo perdeu também 20 milhões. Em Macau, de quando em quando surgem notícias sobre vítimas de burla, com métodos semelhantes, com quantias de milhares de milhões.

Claro que quem devemos reprovar são os burlões, gananciosos e sem escrúpulos, mas do ponto de vista da vítima, também é importante dar atenção às técnicas mais usadas por estes criminosos, para evitar cair na armadilha.

Primeiro, devemos ter sempre atenção aos preços e desconfiar de valores demasiado bons. Já diz o provérbio de Guangdong, “algum sapo tão grande andaria a saltitar pela rua?” (demasiado bom para ser verdade). Ou seja, ninguém seria tão sortudo ao ponto de ganhar do nada uma lotaria da qual ninguém ouviu falar ou de receber a herança de um parente do outro lado do mundo. Os burlões usam estas táticas para atrair pessoas para os esquemas, convencendo-os depois da obrigação do pagamento de uma certa quantia em impostos.

Outros afirmam ainda ser funcionários públicos, mencionando uma acusação contra a vítima, aproveitando-se da natural preocupação para cobrar dinheiro e resolver o “problema”.

Alguns afirmam ser astronautas e iniciam relações amorosas online com as vítimas. Com uma aparência, identidade, profissão e estado civil falsos, aproveitam-se da solidão das vítimas e esperam por uma oportunidade para dizerem que estão a passar dificuldades e pedir ajuda financeira. A vítima, procurando ajudar a pessoa que ama, é naturalmente generosa, e acaba por ser burlada.

Tenham atenção. Desconfiem de algo que parece ser bom de mais e não se envolvam facilmente em relações amorosas online. Caso experienciem alguma situação semelhante, o melhor é contactar as autoridades ou outros profissionais.

*Diretor Executivo do Plataforma

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Editorial

Jogos Olímpicos de Tóquio

Editorial

Guerra de recursos

Editorial

Mudança no poder de influência da China

Editorial

Ansiedade demográfica

Assine nossa Newsletter