Isenção de imposto alargado a mais estabelecimentos em Macau

Isenção de imposto alargado a mais estabelecimentos em Macau

O Governo alargou as medidas de redução e isenção de impostos para estabelecimentos que prestam serviços turísticos, prevendo-se que haja mais de 370 beneficiários.

Desta feita, desde ontem que a isenção do imposto de turismo foi alargada aos estabelecimentos hoteleiros, salas de dança, bares, saunas, estabelecimentos do tipo “health clubs”, massagens e “karaokes”.

Segundo uma nota divulgada na segunda-feira pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST), o plano, que visa concretizar as acções governativas integradas no “Plano de garantia do emprego, estabilização da economia e asseguramento da qualidade de vida da população 2021”, mais concretamente “revitalizar a economia e injectar dinamismo na recuperação da indústria do turismo de Macau”, irá custar aos cofres do Governo cerca de 379 milhões de patacas.

Com a aplicação da medida, os estabelecimentos beneficiários ficam isentos de pagar até ao final do ano, a taxa de 5,0 por cento relativa ao imposto de turismo.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
Hong KongMacau

Confirmado caso de Covid-19 em Hong Kong, mas negociações com Macau continuam

EconomiaMacau

Analistas dizem que política de “zero casos” pode definhar economia local

MacauSociedade

37,7% da população de Macau hesitante ou negativa em relação à vacina contra a covid-19

Hong KongMacau

Covid-19: Bolha de viagem com Hong Kong após 28 dias sem casos

Assine nossa Newsletter